Maldição do carro de James Dean

550-deanO mistério que envolve o que sobrou do Porsche 550 Spyder em que James Dean morreu é de arrepiar!! A estrela norte-americana sofreu um acidente no seu Porsche 550 quando ia para uma corrida na cidade de Salina. Desde o dia da sua morte, aconteceram factos, no mínimo, muito estranhos com os restos do seu Porsche. Mas vamos por partes...James Dean morreu há quase 50, ...

mas ainda hoje permanece como um dos sex symbol dos anos 50 que leva as mulheres ao delírio. Para quem não se recorda, James Dean foi um ator norte-americano que protagonizou alguns filmes famosos, como "Rebeldes sem Causa", tornando-se um ídolo de toda uma geração.


A 30 de Setembro de 1955, o "Golden Boy", como era chamado, faleceu aos 24 anos em um acidente rodoviário aos comandos do seu Porsche 550, no auge da sua carreira. Dean participava em diversas competições automóveis, mas no dia em que iria estrear a sua nova "máquina", deu-se a tragédia. Tratava-se de um dos desportivos mais conhecidos da história, animado pelo potente motor de 4 cilindros e 1500 de cilindrada. Os fãs não queriam acreditar no desaparecimento do seu ídolo e diziam que ainda estava vivo e que teria ficado desfigurado depois do acidente.

O que de facto aconteceu depois do acidente foram acontecimentos deveras estranhos, nomeadamente com os donos das peças que restaram do carro de Dean. Mortes, acidentes inexplicáveis e, o mais absurdo de tudo, o Porsche 550 Spyder, apelidado por Dean de "Little Bastard", simplesmente desapareceu. Um verdadeiro "X-File"... Maldição? Puro acaso?...

dean

James Dean, inicialmente, tinha decidido transportar o carro num caminhão até ao local da corrida. Mas tal ideia acabou por ser posta de lado, já que queria ter uma noção de como o carro se comportaria na hora de enfrentar o seu primeiro desafio em estrada. Mas os seus amigos já o haviam advertido sobre o perigo que iria correr ao conduzir uma máquina de tão grande potência.Acompanhado por Wuetherich, depois de uma hora de viagem, chegaram a um cruzamento, próximo à cidade de Cholame; James avistou outro carro que seguia em contra-mão: «Ele tem que parar, ele tem de nos ver», gritou Dean. Mas assim não aconteceu... Dean embateu em um Ford Custom Tudor, modelo 1950 conduzido por Donald Turnupseed, que seguia na direcção oposta e não se percebeu da presença do Porsche prateado.

O acompanhante de Dean partiu uma perna e sofreu múltiplas contusões e cortes por todo corpo, mas a estrela norte-americana faleceu a caminho do hospital. O condutor do outro carro pouco ou nada se aleijou e declarou que não havia visto o carro de Dean. Mas as tragédias não acabam com a morte de Dean....

Em redor dos restos deste Porsche têm ocorrido uma série de "estórias" que ostentam sempre a mesma questão. O carro de James Dean teria ou não algum tipo de maldição? A companhia de seguros vendeu o que restou do carro; e foi então que começaram as sucessivas tragédias: George Barkuis, o condutor que conduzia o caminhão que foi buscar o carro "destroçado", faleceu quando o Porsche caiu sobre ele no local do acidente. Um especialista em carros para Hollywood, chamado George Barris, adquiriu o carro de Dean por cerca de 2.500 euros. Mas quando o carro chegou à garagem de Barris, deslizou e caiu sobre um dos mecânicos que o descarregavam, partindo ambas as pernas do mecânico.

dean_1

Com imenso medo, Barris começou a separar as partes do carro que poderiam voltar a ser vendidas, o que não seria difícil. Barris afirmou que nunca teve sensações positivas perto do 550, pelo contrário, mas acreditava que eram apenas superstições. Mas as suas suspeitas confirmaram-se em Outubro de 1956, quando a pessoa que havia comprado o motor do carro de Dean (Troy Mc Henry, um médico de Beverly Hills) morreu ao conduzi-lo pela primeira vez no seu carro. Logo depois, outro dos seus clientes - William Eschrid, que tinha comprado a caixa de velocidades do veículo - sofrei um violento acidente, ainda assim sobreviveu e relatou que o seu automóvel «parece que ganhou vida e travou bruscamente, sem qualquer explicação».

As rodas foram vendidas a um jovem que uma semana depois viu-se envolvido num acidente devido a um defeito nas rodas que pertenciam ao Porsche de Dean. Mas as "estórias" não terminam por aqui. Numa corrida automóvel internacional, um jovem adolescente tentou roubar o volante do Porsche de Barris (outrora de Dean) e cortou o braço. Numa tentativa de se livrar do "mau olhado" do carro, Barris emprestou à polícia da Califórnia o que restava da carroçaria do 550, para utilizá-la como exemplo da imprudência no trânsito. Antes que as autoridades o levassem, a garagem onde estava guardado pegou fogo e, misteriosamente, o Porsche de Dean ficou quase intacto, ao contrário dos restantes carros estacionados no local que ficaram completamente destruídos com as chamas.

dean_2

No dia em que o carro foi colocado numa exposição em Sacramento, o Porsche caiu do andaime onde estava colocado e feriu um adolescente. Quando o carro foi transportado para uma exposição próximo da cidade de Salinas, o caminhão saiu em sobreviragem, patinou e foi embater contra o separador da estrada. O camionista morreu...

Em 1958, Barris emprestou a carroçaria do Porsche 550 para ser exposta num certame sobre segurança rodoviária em Miami, no estado da Flórida. Mais uma vez, quando o carro foi colocado em cima do caminhão que o transportava para Los Angeles, outro acontecimento estranho: o carro desapareceu misteriosamente, nunca chegando ao seu destino. Até hoje o paradeiro do "Little Bastard" é totalmente desconhecido. Maldição ou coincidência?! Nunca ninguém saberá... A sorte do acompanhante de Dean também não foi a melhor. Em 1981, Wuetherich morreu num acidente automóvel na Alemanha, aos comandos de um Honda.

“Ele TEM que estar nos vendo”, foram as últimas palavras de James Dean, ditas ao carona no banco ao lado - o mecânico Rolf W'terich - antes da colisão de seu Porsche com um carro dirigido pelo estudante universitário Donald Turnupseed, quase cego pelo sol que batia direto no parabrisa.

 

Fonte; http://toquedamorte.blogspot.com
            http://deolhos.blogspot.com

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade