Qualidade de Vida

Médico brasileiro cria kit para diagnóstico de câncer de mama

mama2Pesquisadores do Núcleo de Investigação e Qualificação Analítica da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em Minas Gerais, desenvolveram um kit descartável para a realização do diagnóstico do câncer de mama. "O médico injeta uma pequena quantidade do contraste iodado para se certificar de que posicionou o aparelho que vai fazer a biópsia no local certo. O problema é que a imagem é muito dispersa e o contraste é rapidamente absorvido pelo organismo, por isso sobra essa margem de 10% de falhas. O que nós fizemos foi desenvolver um produto descartável que proporcionasse uma imagem mais precisa para provocar menos falhas na hora de retirar a lesão", explicou Vitral. 

Leia mais...

Fast-Food pode aumentar risco de Alzheimer, diz estudo !

fastfoodO consumo de alimentos do tipo fast-food pode elevar o risco do desenvolvimento do mal de Alzheimer, sugere um estudo sueco. Ratos de laboratório receberam uma dieta rica em gordura, açúcar e colesterol - representando o valor nutricional de lanches do tipo "fast food"- durante nove meses e desenvolveram alterações no cérebro associadas aos estágios preliminares da doença. "Ao examinar os cérebros destes ratos, nós descobrimos uma mudança química que não é ...

Leia mais...

Garrafa feita de papel !!!

garrafapapel2Um grande problema de hoje é a poluição. Tanto aquela feita à atmosfera, com a liberação de gases tóxicos, quanto à feita a terra, com a enorme quantidade de lixo jogada nela. As garrafas de plástico são concerteza um dos maiores problemas ecológicos da actualidade no diz respeito à poluição e demoram, segundo o site Reciclagem.Net, 400 anos para se decomporem. Só nos Estados Unidos são depositadas no lixo 60 milhões de garrafas de plástico por dia (por dia disse bem), das quais 86% acabam em lixões, onde não recebem nenhum tipo de tratamento e não são recicladas.

Leia mais...

Quando as espinhas aparecem depois

espinhaHomens e mulheres sofrem com a acne mesmo após atingirem a fase adulta. Alterações hormonais, uso de vitaminas, estresse e depressão podem desencadear o problema. A acne é uma preocupação recorrente do universo adolescente, mas ela também pode aparecer depois dessa fase e atrapalhar a vida de muita gente. Ter espinhas após os 20, 30 e até 40 anos é mais comum do que se imagina. “Muitos pacientes adultos me procuram incomodados com surtos de acne, que atingem 40% dos homens e 54% das mulheres”, diz a médica do serviço de Alergia e Imunologia do Hospital Cajuru, Adriana Schmidt. No geral, as causas da acne nessa fase são as mesmas das dos adolescentes, e estão relacionadas a problemas de funcionamento da pele.

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade