Dim mak, o toque da morte

tomor1Toque da morte (chinês tradicional: ??, chinês simplificado: ??, pinyin: Dian mài, em cantonês: Dim mak) é uma técnica das artes marciais orientais. É chamada de "toque da morte", pois se alega que, se usada corretamente, tem a capacidade de ser letal. Diz-se que surgiu paralelamente à acupuntura, quando dos estudos que mapearam os pontos do corpo: os pontos terapêuticos eram estudados pelos médicos; os traumáticos, pelos mestres das artes marciais.

Cientistas esportivos que analisaram a técnica constataram que ela é tão perigosa como qualquer golpe forte no coração. A técnica faz uso do conceito do chi, isto é, a energia interior de cada pessoa. Na tradição, essa energia circula através do corpo inteiro dentro de certas rotas e nessa rotas localizam-se alguns pontos que, se estimulados (pressionados), podem produzir diversos efeitos, benéficos ou não. Quando esses pontos sofrem um golpe os efeitos são desde atordoante e/ou imobilizantes até mortais. O dim mak focar-se-ia exatamente sobre os pontos mais perigosos e sobre a exata forma de os pressionar. Era uma técnica conhecida pelos mestres de caratê.


O “golpe mortal” existe na vida real? Funciona realmente?

tomor2


2012 - O “golpe mortal”, também conhecido como o “toque da morte”, é um suposto movimento das artes marciais que, ainda que pequeno e mínimo, pode resultar letal a quem recebe. Ou ao menos essa é sua fama. A pergunta óbvia é, claro, se apesar de tanta ficção e falatório em torno deste toque, ele existe para valer? Funciona tal e qual vemos no cinema, televisão e outras montagens?

Tecnicamente dito movimento conhecido como dim mak -um termo chinês que significa o golpe que exerce pressão contra uma artéria-, segundo seus praticantes, tem um efeito retardado que pode provocar a morte repentina de quem o recebe até com vários meses de diferença. Ainda que exista a história de que Bruce Lee morreu por castigo divino por ser ateu, a mais difundida dá conta que ele foi vítima de um dim mak, inclusive memes conspiranoicos indicam que este teria sido realizado por Chuck Norris, como vingança por ter sido ridicularizado por seu mestre Bruce Lee.

Um dos primeiros registros da sua existência data do Bubishi, o tratado canônico de artes marciais que começou a ser redigido no século XVII, onde o dim mak é mencionado, ainda que não digam os detalhes de sua execução. Medicamente o “toque da morte” está associado com uma complicação conhecida com o nome de Commotio cordis, a morte súbita que acontece quando um golpe no peito interrompe o ritmo cardíaco. Não causa danos ao coração, mas sim na estimulação elétrica do batimento: bastam entre 10 ou 30 milisegundos de interrupção para provocar a morte.

O dim mak é também muito explorado pelo cinema como a compressão prolongada da artéria carótida, o que tem como efeito a diminuição da irrigação sanguínea no cérebro e a consequente perda da consciência. Contudo, o “toque da morte” é um dos movimentos mais misteriosos das artes marciais, tanto que nem sequer é totalmente seguro que possa ser identificado a integridade com o dim mak ou com as conseqüências fisiológicas que descrevemos até aqui.


O que é Dim Mak, o toque da morte?

tomor3


Dim mak que traduzido significa, (Toque da morte) é uma técnica de artes marciais orientais. É chamada de "toque da morte", pois alega-se que, se usada corretamente, ela tem a capacidade de ser mortal. Dizem que esta técnica surgiu paralelamente à acupuntura, junto com os estudos que mapearam os pontos do corpo humano: os pontos terapêuticos foram estudados pelos médicos, e os pontos traumáticos pelos mestres de artes marciais da época. Cientistas esportivos que analisaram a técnica constataram que ela é tão perigosa como qualquer golpe forte no coração. Essa técnica faz conceito do uso do chi, que é a energia interior de cada pessoa.

Na tradição, essa energia circula através do corpo inteiro dentro de certas rotas e nessas rotas localizam-se alguns pontos que, se pressionados, podem produzir diversos efeitos, benéficos ou não. Quando um desses pontos sofrem um golpe, a pessoa pode sentir desde tonturas, sentir-se imobilizada ou até morrer após ter um desses pontos pressionados. O Dim Mak é focado exatamente em pressionar com técnicas precisas estes pontos vitais do corpo humano. Essa técnica era conhecida principalmente por antigos mestres de Karatê de Okinawa.


Dim Mak - O toque da morte ou Dian Xue do kung fu


É chamada de «toque da morte», pois se alega que, se usada corretamente, tem a capacidade de ser letal. Diz-se que surgiu paralelo à acupuntura, quando dos estudos que mapearam os pontos do corpo: os pontos terapêuticos eram estudados pelos médicos e pelos mestres das artes marciais, também conhecido como DIM MAK ?? . O Dim Mak é uma arte oriunda da China e dos templos Shaolins, mas ao passar dos anos tornou-se uma técnica reconhecidamente voltada para o desenvolvimento de Mestres de diversos estilos e modalidades de artes marciais!

Esta técnica leva como princípio o uso de pressão em determinadas partes do corpo, onde a resistência e energia acomulativa do organismo mantém o corpo em perfeito funcionamento. quando aplicado determinados golpes de "pressão" ao invéz da força, isto desestabiliza todo o organismo, criando um blackout tanto na área de corrente sangüenea, bem como no sistema nervoso e respiratório... O Dim Mak na verdade, segue os princípios do "cheio e vazio", áreas profundamente conhecidas nas artes marciais e na medicina chinesa!

O conceito de Dim Mak, também conhecido como Dian Xue, aparece como um subconjunto de Kung-fu dos estilos shaolins. Pode ainda ser chamado como Dian Mai ou Dim Mak, que são duas palavras chinesas em dois dialetos diferentes, o que significa "comprimir"

Na década de 1980, Dim Mak era bem conhecida na cultura americana. .Outros autores, também, disseram que a morte de Bruce Lee pode ter sido devido a uma "técnica de Palma Trêmula" do Dim Mak como "uma das especialidades secretas de wing chun, pois é sabido que o famoso soco de polegada é apenas uma das variações do Dim Mak . Dim Mak é referenciado emBloodsport (1988), um filme supostamente "baseado em fatos reais da vida de Frank Dux ", profundo conhecedor desta técnica, já falecido em 1995, tido como um dos maiores especialistas de "Ninjitsu- arte ninja" do Ocidente, sua vida e história marcial ficou retratada no cinema por Jean Claude Van Damme, ao qual interpretou Frank Dux no filme "O Grande Dragão Branco ", foi ele um dos mais conhecidos especialista de Dim Mak no Ocidente!

Dim Mak tem como princípio de ação, 5 ensinamentos:

1º- Pressione, aprofunde, comprima, aperte e empurre!
2º- Socar de dentro para fora do corpo, golpear seguidamente nos "pontos cheios"
3º- Fluir os golpes em pontos "leves" jamais nos pontos "pesados" no corpo do oponente.
4º - "Ataque o ataque", movimente-se em direção ao movimento. momentos antes da ação do movimento do oponente!

5º- Esvasie no ataque e flua na defesa, eis a lei do cheio e do vazio! Isto é Dim Mak

Dim Mak é descrito como um conhecimento com as técnicas de ataque empontos de pressão e meridianos, na verdade não se sabe realmente até que ponto é real estas técnicas, os poucos conhecedores desta técnica, estão em artes como o Ninjitsu, Karatê, Aiki-do e Kung Fu. Mas acredita-se que os verdadeiros detentores do Dim Mak são os praticantes tradicionais do Wing Chun, mesmo que nenhum dos grandes Mestres desta arte confirmem tal fato!

Lendas sobre a origem do Dim Mak dizem que tal técnica mortal é nada mais que o ultimo estágio do Mestre de Chi Kung. "A natureza de uma arte depende profundamente dos conhecimentos do praticante, no que se refere ao conhecimento de anatomia e os pontos de pressão em diferentes parte do corpo".


Fonte: https://pt.wikipedia.org
           http://www.mdig.com.br
           https://taichicentral.com
           http://mestre-liu-pei.webnode.com

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade