Verdades Incovenientes

Duras palavras do Dalai Lama sobre a lavagem cerebral da sociedade

dupal1O 14º Dalai Lama do Tibete está sempre ganhando muita atenção, e por boas razões. Mais recentemente, ele disse ao mundo que simplesmente orar não é a resposta para o incidente que ocorreu em Paris, bem como outras atrocidades parecidas que parecem acontecer em todo o globo. Ele afirmou que os seres humanos criaram este problema, e agora estamos pedindo a Deus para resolvê-lo, o que não faz sentido.

Leia mais...

A falta de mordomias (na Suécia!) que choca os brasileiros

mord117/10/2015 - Jornalista brasileira Claudia Wallin, que mora em Estocolmo há 12 anos, mostra como é o dia a dia de políticos e juízes do país europeu. Uma deputada que foi execrada nos jornais por pegar táxi com dinheiro público, ao invés de andar de trem. Parlamentares que moram em apartamentos minúsculos e que lavam a roupa em lavanderias comunitárias. Juízes sem nenhuma mordomia. Esse é o retrato da Suécia que a jornalista brasileira Claudia Wallin, que mora em Estocolmo há 12 anos, vem fazendo em seus livros e reportagens.

Leia mais...

Apocalipse: e se Uber, Netflix e WhatsApp fossem todos regulados no Brasil?

apoca117/08/2016 - Histórias em quadrinhos de editoras como Marvel e DC possuem arcos com a trama se passando em um universo paralelo, que só existe por conta de certas decisões. E se o Capitão América virasse presidente dos Estados Unidos? E se a nave do pequeno Superman tivesse caído na Rússia? Isso dá asas à imaginação do escritor e faz o leitor imaginar cenários bem diferentes. Levando em conta as mais recentes notícias de tecnologias envolvendo o Brasil (mais precisamente o app de transporte Uber, o mensageiro WhatsApp e os streamings da Netflix), o TecMundo resolveu fazer uma espécie de “E se...?”.

Leia mais...

Opinião: Rede Globo, a "TV irrealidade" que ilude o Brasil

glob111/11/2015, por Vanessa Barbara - No ano passado, a revista "The Economist" publicou um artigo sobre a Rede Globo, a maior emissora do Brasil. Ela relatou que "91 milhões de pessoas, pouco menos da metade da população, a assistem todo dia: o tipo de audiência que, nos Estados Unidos, só se tem uma vez por ano, e apenas para a emissora detentora dos direitos naquele ano de transmitir a partida do Super Bowl, a final do futebol americano". Esse número pode parecer exagerado, mas basta andar por uma quadra para que pareça conservador. Em todo lugar aonde vou há um televisor ligado, geralmente na Globo, e todo mundo a está assistindo hipnoticamente.

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade