Verdades Incovenientes

Falha no Sistema, despertando na Matrix - Parte 1

despma1Despertar significa ver além das paredes invisíveis da prisão de nossa “realidade”, reconhecer e questionar sua existência é um dos primeiros sinais do despertar, de realmente despertar. No início da nossa transição e recalibração para frequências superiores além da construção da matrix é uma experiência feliz e bela. Estar conectado ao multiverso, à energia amorosa cósmica, é uma grande mudança de vida. Começamos a compreender as energias movimentadas pelo amor e gratidão, o poder que ...

Leia mais...

Sou pobre demais para morar no Brasil

pobrebra topoPor Rafael Silva do Canal do mundo - Rafachannel, 26/02/2017 - Pois é pessoal, muitas pessoas que assistem meus videos pensam que eu estou nadando em dinheiro porque eu moro no exterior. Mas a verdade é um pouco mais simples e um pouco mais engraçada do que parece. A verdade é que eu sou pobre demais para morar no Brasil, mas felizmente eu tenho um trabalho on-line, o que me posibilita estar em qualquer lugar ...

Leia mais...

Verdades inconvenientes sobre a indústria dos remédios

remedfar topoTarso Araújo e Patrícia Vieira - A reportagem da SUPER encontrou Antônio* na recepção do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo. Camisa social branca, sapatos engraxados, gel no cabelo e a malinha preta ao lado. Simpático e comunicativo, explicou seu trabalho ao repórter: Antônio é representante da indústria farmacêutica. Sua tarefa é levar aos médicos informações sobre remédios. Mais que isso: convencer os médicos a receitarem as marcas que ele representa.

Leia mais...

“As crianças estão precisando de tapa na bunda”, diz terapeuta infantil

paldor1Por Rafael Bergamaschi,21/10/2011 - Para Denise Dias, que lança livro favorável à adoção de formas físicas de punição, falta de limites cria “geração de delinquentes”. Como explicar a uma criança a forma correta de agir? A dúvida, comum a muitas mães, divide especialistas. Mas há um ponto em que todos parecem concordar atualmente: bater para educar seria pouco eficaz e traumatizante para a criança. Poucos seguem outra linha de raciocínio. É o caso da terapeuta infantil Denise Dias, que lançou em outubro deste ano o livro “Tapa na Bunda – Como impor limites e estabelecer um relacionamento sadio com as crianças em tempos politicamente corretos” (Editora Matrix).

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade