Deixe as coisas acontecerem...

Cachoeira 1Hoje eu decidi que vou dar um descanso para o meu coração e deixar os acontecimentos fluírem e as coisas acontecerem como tiverem que acontecer. Talvez seja o momento de não esconder tanto as minhas emoções, permitir que elas nasçam espontaneamente sem medos e sem censura. Acredito que preciso me dar a opção de não forçar as coisas e não continuar nadando contra a corrente.

Muitas vezes procurei experiências que não eram boas para mim, e ao invés de tentar me livrar delas, desejei que elas fossem como eu queria. Então, me esqueci dos efeitos negativos e tentei me adaptar para encaixar o que não se encaixa, e isto me causou muito sofrimento.

Deixe a vida chegar, com as portas entreabertas, com os pés firmes no chão e sem correntes. As prisões nunca foram boas, principalmente aquelas invisíveis que nós mesmos nos colocamos e em seguida esquecemos onde guardamos as chaves. Adeus às proibições, ao medo, a pressão, a frieza, ao pânico e ao controle excessivo das situações. Deixe as coisas acontecerem.

Leia também - Mulher constrói a casa de seus sonhos com 4 containers velhos

Que chegue quem tem que chegar, que se vá quem tem que ir, que doa o que tem que doer… que passe o que tem que passar. -Mário Benedetti-

Os efeitos secundários de forçar uma situação

Na maioria das vezes em que eu acho que tenho as minhas emoções sob controle estou completamente enganada. Interajo com elas com tanto cuidado que acabo forçando as situações e perdendo o controle. Reprimir, esconder, negar ou disfarçar o que sentimos ao invés de demonstrar o sentimento não nos permite ouvir e conhecer melhor a nós mesmos. Eu percebi que em algumas situações eu queria parar ou acelerar o tempo, sair correndo para depois me arrepender, negar a sinceridade enquanto a procurava lá fora… E tenho consciência das oportunidades perdidas que poderiam ter me ajudado a ser muito mais feliz.

Forçar as coisas sempre nos leva a um estado de desconforto e insatisfação camuflada que se transforma em energia negativa. Pagamos um preço muito alto por isso, esse desconforto nos leva a um desgaste físico e mental: os sentimentos bloqueados sempre encontram uma saída, mesmo que seja através de uma doença.

A chave é deixar as coisas acontecerem naturalmente

fluco2

Agora eu percebo que quando nós nos libertamos do desejo de que as coisas aconteçam da forma como desejamos e não como devem acontecer, tudo começa a se acomodar. Dessa forma, os acontecimentos começam a fluir, crescer e encaixar naturalmente.

Não tenho mais do que um punhado de beijos, e um exército de carícias sem uma razão para o invadir, mas eu vi cidades inteiras naufragarem por sorrisos muito menos bonitos do que o seu. Então vamos continuar, embaralhe novamente porque vamos continuar jogando. -Pablo Benavente- É necessário esperar, com a ajuda do tempo, para não tomar decisões precipitadas diante do inesperado e desfrutar das situações. Não se preocupe com o que ainda não aconteceu e deixe que o futuro aconteça harmoniosamente, sem tentar mudar os acontecimentos.

Como agir?

A primeira coisa é levar em conta que “deixar fluir” ou “deixar crescer” não é equivalente a não se esforçar ou não fazer nada, mas é estar consciente de que existem muitas coisas que não podemos controlar.

Leia também - Fumar menos de um cigarro por dia também mata...PARE AGORA!!!

A vida muda constantemente e de forma imprevisível, arrastando com ela os nossos planos, os projetos, e inclusive nós mesmos. Temos que pensar que tudo é temporário e até mesmo o tempo precisa da nossa atenção: a pressa, as obsessões e as exigências que temos com ele podem se voltar contra nós mesmos. Precisamos ter paciência para que o que tem que acontecer aconteça.

“A felicidade está nas coisas que você não planeja, naquelas que você não vê chegar”. -Série Grey’s Anatomy

Fonte: https://osegredo.com.br

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade