A pirâmide do complexo militar Stanley R. Mickelsen nos EUA

pirsus12015 - A imagem que abre esta matéria, mostra uma paisagem que surpreende viajantes que estão de passagem pelo Condado de Cavalier, na Dakota do Norte. Quem passa por ali — que, por sinal, fica no meio do nada —, de repente se depara com uma pirâmide enorme que parece “brotar” no horizonte. Aliás, vai dizer que a estrutura não se parece ...

com uma mistura entre ruína maia e o Olho de Sauron, do Senhor dos Anéis!  A construção de toda a estrutura foi concluída no ano de 1975. A estranha estrutura fazia parte de um sistema de defesa antimísseis desenvolvido durante a Guerra Fria. O objetivo era o de interceptar e derrubar mísseis soviéticos equipados com ogivas termonucleares antes que eles atingissem seus alvos e — potencialmente — matassem milhares de norte-americanos.

pirsus2

pirsus3

Segundo outro artigo, publicado pelo Daily Mail, a pirâmide se encontra em um complexo militar conhecido como Stanley R. Mickelsen Safeguard Complex, e sua principal função era — basicamente — a de vasculhar o céu em todas as direções em busca de objetos que pudessem oferecer qualquer risco aos EUA. Além disso, o radar piramidal vinha equipado com 30 mísseis antibalísticos LIM-49 Spartan, assim como outros 16 do tipo Sprint, de menor alcance.

pirsus5 pirsus6

pirsus7

Esses mísseis ficavam armazenados em silos de lançamento subterrâneos e, além dos projéteis localizados sob a pirâmide, outros 70 se encontravam espalhados pelo resto do complexo. O complexo acabou desativado em 10 de fevereiro de 1976, pouco menos de um ano depois de ter iniciado a operar no local; Atualmente o local só serve mesmo para surpreender os viajantes que passam pelo “nordeste da Estrada Tática a sudeste da Estrada Tática do Sul”, o endereço bizarro dessa estranha paisagem. Muitas pessoas comparam a estranha pirâmide as construções Maias. Não se sabe ao certo se os criadores da estrutura piramidal de Stanley R. Mickelsen tinham se inspirado nas antigas construções Maias.

Conspirações

pirsus8

Existem até algumas teorias da conspiração que afirmam que o local não era uma base militar destinada a defesa, e sim uma base de pesquisas destinadas a entender o poder energético das pirâmides. Segundo essa teoria os militares americanos estariam interessados em conhecer essas energias, e tentar usá-las como arma militar.

Outra teoria interessante, mostrava essa estrutura como sendo parte de um experimento da década de 70 que teria precedido o H.A.A.R.P. Outra teoria da conspiração especula que ali estaria situada uma célula de sobrevivência secreta destinada a proteger membros das elites mundias de um possível apocalipse.

Porém todas as teorias nesse caso não passam apenas de invenções, até por que fotos e até plantas estruturais da pirâmide podem ser acessadas por qualquer pessoa a partir do acervo da Biblioteca do Congresso dos EUA. Se o local fosse realmente uma base de estudos, ou um bunker para elites mundiais se defenderem de um apocalipse, informações a respeito desse lugar ficariam mais ocultas.

Novos donos

pirsus9 pirsus10

Em julho de 2013, o complexo foi vendido num leilão on-line pelo GSA. A proposta vencedora ficou com aquilo tudo por U$ 530.000. A proposta foi apresentada foi do Spring Creek Hutterite Colônia de Forbes, ND. Os huteritas são um grupo religioso com 45.000 membros ou mais. Eles se espalham em várias centenas de colônias pelas pradarias norte-americanas. Eles praticam um estilo de vida tranquilo, comum e geralmente se sustentam através da agricultura e, em alguns casos, a pequena fabricação. Suas crenças cristãs e estilo de vida são meio semelhantes aos Amish e os menonitas.

pirsus11

pirsus12

A compra do complexo SRMSC por estes caras tão tranquilos é curiosa. Como eles raramente falam com estranhos, os seus planos para o futuro da pirâmide não são claros. Talvez eles só quisessem as terras em volta, sei lá. Mas mesmo que fosse isso, seria estranho:
Dos 430 hectares, apenas cerca de 1/3 pode ser cultivada. Até agora, eles fizeram uma pequena quantidade de “plantio direto” de grãos, mas, para além disso, os huteritas não têm presença real ainda. Outro 1/3 do complexo é considerado histórico pela North Dakota State Historic Preservation – que significa que os proprietários não podem construir ou alterar a aparência exterior dos edifícios existentes sem permissão. Outras partes do complexo são considerados uma zona úmida que, presumivelmente, envolve outras restrições regulamentares.

Há dois outros fatos importantes que podem influenciar o futuro dessa instalação:

O Exército dos EUA aceitou a responsabilidade pela limpeza ambiental, o que é bom, já que tira uma responsabilidade considerável dos proprietários presentes e futuros.
A Cavalier County Development Authority está em negociações para comprar a totalidade ou parte do complexo. Assim, os religiosos teriam feito um bom investimento.

Fonte: ApokaLink
           DailyMail
           Domínios Fantásticos
           http://srmsc.org/
           http://coldwartourist.com

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade