Gruta das Andorinhas

gruan1Larga, profunda e quase intocada, a Gruta das Andorinhas atrai aventureiros e amantes do ecoturismo no estado de San Luis Potosí, no México. Com profundidade de 376 metros e uma abertura de 60 metros de diâmetro, a caverna vertical favorece a prática de “base jumping”, uma modalidade de paraquedismo radical em que os praticantes pulam de uma base fixa. Muitos usam uma "wingsuit", espécie de macacão planador. A gruta também é muito procurada por praticantes ...

de rapel, principalmente pelos mais experientes, pois, apesar de a descida até o chão durar de 20 a 30 minutos, a subida pode levar até duas horas. Como não existe outra maneira de entrar e sair da caverna a não ser pelos saltos ou pelo rapel, a atração permanece quase intocada por turistas. Não incomodem os pássaros.

gruan2

Descoberta em 1976 por uma equipe de ornitólogos da Universidade do Texas durante um estudo sobre as aves nos bosques da região, a atração é um refúgio natural para aves.

gruan3

Mas, ao contrário do que o nome sugere, não há andorinhas vivendo lá, e sim andorinhões pretos, outro tipo de pássaro que costuma ser confundido com o primeiro. A gruta também abriga uma espécie de papagaio, entre outras aves.

gruan4

Para não perturbar a fauna residente na caverna, todas as descidas são feitas entre as 9h e as 15h, quando as aves já estão do lado de fora. Conhecida pelos locais como Sótano de las Golondrinas (sótão das andorinhas), a caverna fica no povoado de Aquismón.


Fonte: http://g1.globo.com/

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade