Conheça o sal amargo e suas utilidades

salam1Sua pele, cabelo, gramado e até mesmo a limpeza da sua casa podem desfrutar dos benefícios dessa substância maravilhosa. Esse tipo de sal é proveniente do sulfato de magnésio, mineral encontrado na natureza em locais em que há fontes de água quente resultantes de formações rochosas. Seu uso iniciou-se na antiguidade. Acreditava-se que beber e banhar-se nessas fontes resultaria em benefícios para a saúde. Muito tempo depois o que era crença ...

se tornou algo cientificamente aceito e empresas da área de farmácia começaram a produzir “remédios” a base do mineral. Esses medicamentos podem ser produzidos por laboratórios ou indústrias farmacêuticas. Esse composto, por muitas vezes, é indicado em drogarias para ser acrescentado na hora do banho e tratar dores musculares, mas será que seu único benefício é esse? A resposta é não. O sal amargo apresenta diversos benefícios e aqui vamos conhecer os principais.

1. Fertilizante

Algumas plantas (principalmente rosas), alimentos (tomate) e árvores se desenvolvem. Isso ocorre porque ele torna a plantação mais saudável e duradoura, principalmente em época de floração (primavera), certamente suas flores e frutos crescerão felizes, saudáveis, bonitos e seu tempo de duração aumentará.

Modo de utilização:

Se você possui um jardim, espalhe o sal entre as flores e frutos uma vez por semana para oferecer os nutrientes.

Se você está começando criar plantas num jardim, aplique uma quantidade de sal amargo no adubo ou espalhe uma xícara do sal para cada 10 m² para ajudar na fertilização. Além de usá-lo na evolução das suas plantas, ele atua como pesticida natural, ou seja, você pode dispensar produtos tóxicos.

Para criar um pesticida natural, utilize uma colher de sopa de sal amargo para cada 950 ml de água - isso irá afastar as pestes.

Observação: para estimular o crescimento saudável da roseira utilize ½ xícara de sal amargo no solo.

2. Suave esfoliante

Está com a pele áspera ou com cravinhos que a deixam feia? Faça um produto natural caseiro para deixar sua pele limpa e renovada. Lembre-se que o tempo e quantidade de aplicações variam de acordo com a textura e tipo da pele.

Modo de preparo:

Para eliminar cravos e limpar a pele: faça uma mistura utilizando três gotas de iodo, uma colher de chá do sal amargo e ½ xícara de água fervente. Misture tudo e, com o auxilio de algodões, aplique a mistura nas áreas com cravos.

Para fazer a esfoliação da pele: misture ½ colher de chá no seu creme de limpeza, passe a mistura no rosto, massageie-o suavemente e depois enxágue com água fria.

3. Limpeza doméstica

Você pode utilizá-lo na cozinha, banheiros e outros cômodos.

Modo de preparo:

Para limpeza pesada (azulejos, pias, pisos entre outros): misture detergente líquido com sal amargo (a quantidade depende da quantidade de detergente usada, lembrando que ambos deverão possuir a mesma quantidade na mistura) e use-os para fazer a limpeza mais pesada na residência.

Você ainda pode aplicar a mistura da pasta para lavar locais como garagens, quintais e telhados, mas para isso é necessário esfregar o ambiente manualmente com vassoura.

Aplicar uma pequena quantidade de sal amargo ao redor da sua casa, manterá as lesmas e caracóis longe da sua residência e do seu jardim.

4. Controle de ervas daninhas

Você pode controlar a aparição de ervas daninhas em seu jardim e melhor ainda, sem recorrer a produtos tóxicos.

Modo de preparo:

Misture um frasco de vinagre branco com duas xícaras de sal amargo e ¼ de sabão comum. Misture e coloque o líquido dentro de um borrifador e saia borrifando pelo seu jardim.

5. Compressas em hematomas

Quem nunca se machucou de alguma forma e ficou com aquela mancha de hematoma que deixa a aparência feia? Saiba como melhorar a mancha de forma simples.

Modo de preparo:

Misture uma colher de sopa de sal amargo com um copo de água fria. Com o auxilio de algodão, espalhe a emulsão em cima dos hematomas. Não desaparecerão como mágica, mas com certeza a sua aparência ficará melhor. Aplique diversas vezes.

6. Remoção de fragmentos

Às vezes aquelas lasquinhas de madeiras ou cacos de vidros entram em contato com a nossa pele e causam dor e inflamação. O sal amargo é ótimo para remoção desses fragmentos.

Modo de preparo:

Misture uma colher de sopa de sal amargo em um copo de água fria. Com o algodão, aplique o líquido na área onde está o fragmento. O sal possui características que aumentam a pressão osmótica, ou seja, ele impulsiona os fragmentos para a superfície da pele. Isso deverá reduzir a dor e evitar a inflamação.

7. Suavização de queimaduras solares e pele irritada

Essa é especialmente para quem tem criança em casa e sofre com queimaduras solares e pele irritada causada de picadas de insetos.

Modo de preparo:

Misture uma colher de sopa de sal amargo em um copo de água fria e faça compressas. Sempre que puder, mantenha essa mistura por perto e proteja suas crianças.

8. Na saúde

Esse tipo de sal já encontrado em diversas drogarias e indicados para aliviar dores musculares. Porém, ele oferece mais do que isso. Ele pode contribuir para redução do estresse, inchaço, torções e contusões.

Modo de preparo:

Encha uma banheira com água e misture duas xícaras de sal amargo. Em condições médicas, como a gota, você pode reduzir a inflamação aplicando de duas a três colheres de chá do sal amargo em água quente (o mais quente que suportar) e ficar submerso aproximadamente por 30 minutos.


Sal Amargo Emagrece? Para Que Serve, Benefícios e Como Tomar

salam2


Sal amargo, sulfato de magnésio, sal de magnésio ou sal de Epsom… Na verdade, trata-se da mesma coisa. O sal amargo, como é mais conhecido, nada mais é que sulfato de magnésio, que é um mineral proveniente de locais com formações rochosas onde ocorre a incidência de fontes termais. Será que o sal amargo emagrece mesmo? Essa premissa é verdadeira? Ele é conhecido desde a antiguidade, quando as pessoas se banhavam nessas fontes para tratar dores reumáticas, articulares e musculares, processos inflamatórios, problemas respiratórios e dermatológicos.

A partir da constatação de seus efeitos benéficos à saúde, os laboratórios e a indústria farmacêutica passaram a explorar o sal amargo comercialmente, proporcionando assim uma maior diversificação de seu uso, como também facilitando o procedimento, uma vez que basta comprá-lo em uma farmácia convencional ou de manipulação, não sendo necessário o deslocamento até uma dessas fontes. Muitos vendem a afirmação de que o sal amargo emagrece, mas veremos a seguir que não funciona bem assim.

Como Funciona o Sal Amargo?

– Externamente

Em contato com a água, o magnésio consegue ser absorvido pela pele, daí a origem dos banhos de imersão para tratamentos medicinais. Essa reabsorção do mineral promove um bem estar quase que imediato, uma vez que o magnésio auxilia na produção de serotonina – a enzima do bom humor. Por esse motivo, esses banhos são relaxantes e calmantes, restaurando também o equilíbrio físico e emocional. Vale ainda ressaltar que o magnésio desempenha um papel fundamental na atividade de dezenas de outras enzimas em nosso corpo.

– Internamente

Nosso organismo recebe tudo aquilo que comemos, seja através do sangue, seja através do sistema linfático. O que não aproveitamos será eliminado na forma de fezes. Quando esse processo se prolonga e a evacuação não ocorre no período de tempo esperado, esses dejetos permanecem em nossas vísceras muito além do previsto, aumentando a fermentação e a produção de toxinas. Essas toxinas provocam constipação intestinal, flatulência, mau humor, fadiga, irritabilidade, desconforto, entre outras coisas.
Quando esse quadro se prolonga por muito tempo, sem tratamento eficaz, essa fermentação exacerbada e constante poderá desenvolver toxinas altamente cancerígenas.
O sal amargo é utilizado para aliviar esses sintomas, uma vez que promove um esvaziamento intestinal, agindo como laxante.

Deve ser utilizado sob orientação médica, que indicará a dosagem correta para cada pessoa. Não se deve fazer uso de qualquer medicamento sem antes conversar com seu médico. Por esse motivo, não haverá indicações de como tomar o sal amargo nesse artigo.

Sal Amargo Emagrece?

Não! A resposta nesse caso é taxativa.
Muitas pessoas fazem uso do sal amargo para emagrecer, inadvertidamente. A sensação de que o sal amargo emagrece virá através de uma perda de peso ocasionada pela desidratação, uma vez que tomado em doses errôneas, provocará diarreia. É preciso ter em mente que as pessoas que se utilizam do sal amargo com esse fim não estarão queimando gorduras, mas eliminando água. Assim que essa água for consumida novamente, o peso voltará aos níveis normais. Portanto, descarte o sal amargo de sua dieta se o intuito for emagrecer.

Benefícios do Sal Amargo

Sabendo que não é verdade que o sal amargo emagrece, podemos verificar os seus reais benefícios. Quando utilizado com frequência, em banhos de imersão, ele atenua ou elimina vários problemas. Especialistas recomendam, no mínimo, 3 banhos por semana.

Atua nos processos inflamatórios;

Alivia tensão muscular;

Cura problemas dermatológicos;

Auxilia no processo respiratório;

Previne o enrijecimento das artérias;

Regula a pressão arterial;

Ajuda a melhorar a qualidade do sono;

Desestressante;

Alivia dores de cabeça;

Flebites;

Bursites;

Fibromialgia.

Em qualquer um desses casos, deve-se utilizar uma xícara de sal amargo para uma banheira cheia de água morna. O tempo de imersão é enquanto a água não esfriar.

Para Que Serve o Sal Amargo?

Seu uso tópico permite uma série de aplicações:

Esfoliante leve: Misture uma colher de chá de sal amargo, ½ colher de chá de seu creme de limpeza ou óleo de massagem. Aplique suavemente com algodão sobre áreas da pele com cravos, promovendo uma esfoliação leve. Massageie por alguns segundos e enxague com água morna.

Picadas de insetos: Misture uma colher de sopa de sal amargo com um copo de água fria. Utilize para fazer compressas sobre a área afetada. Essa mistura poderá ser utilizada várias vezes ao dia, reduzindo a coceira e o inchaço.

Redução de odores nos pés: Mergulhe os pés num recipiente contendo 1 xícara de sal amargo dissolvida em 2 litros de água quente. Poderá ser feita uma esfoliação anteriormente. Esse procedimento ajudará também no tratamento de fungos nos pés.

Redução de hematomas: Faça compressas mergulhando algodão ou gaze em uma solução com uma colher de sopa de sal amargo dissolvida em um copo de água fria. Aplique várias vezes ao dia.

Na forma de cataplasma: Para tratar asma, bronquite e enxaqueca. Fazer uma pasta grossa com o sal amargo e água. Aplique nas costas, na testa, ou no peito. Deixe agir por alguns minutos.

Desintoxicação: A porosidade da pele permite a absorção de substâncias; no entanto, ela também efetua o processo inverso, chamado osmose reversa. Durante o banho de imersão em sal amargo, ela efetua esse processo, quando os minerais do sal amargo sugam essas substâncias para fora da pele. Esse processo de desintoxicação deve ser realizado uma vez por semana, dissolvendo-se uma xícara de sal amargo em uma banheira com água morna, e permanecendo por dez minutos.

Banho de Sal de Epsom

Muitos SPAs costumam incluir em seus programas de tratamento o banho de sal de Epsom. É um nome sofisticado, que gera uma ilusão, remetendo a algo importado ou requintado. No entanto, o que está sendo oferecido nada mais é que um banho de imersão em sal amargo. Esse famoso banho dos SPAs é feito numa banheira com água morna, onde se dissolverão 2 copos de sal amargo. O paciente permanecerá imerso por 15 minutos nessa solução. Nessa água também será adicionado meio copo de óleo hidratante.
Não se deve usar sabonete nesse caso, pois seu pH interfere com a ação do sal.

Contraindicações

Alergia ao sal amargo;
Pacientes com disfunções renais;
Pacientes com obstrução intestinal crônica;
Pacientes com colite ulcerativa e outras patologias intestinais;
Crianças menores de dois anos;
Doença de Crohn;
Gravidez;
Idosos.

*Exceções feitas a pacientes com prescrição médica.

Efeitos Colaterais

O mais comum deles é diarreia.

Considerações Finais

Esteja atento a falsas promessas afirmando que o sal amargo emagrece. Ele não foi desenvolvido para esse fim. Na mídia será possível encontrar indicações de seu uso para emagrecer, no entanto, isso tudo é balela. O sal amargo oferece uma série de benefícios, principalmente quando utilizado topicamente. Bons produtos, quando utilizados da forma correta, oferecerão grandes resultados. O uso deles, sem critério, poderá trazer danos à saúde. Vale conhecer o sal amargo para os casos onde seus resultados são cientificamente comprovados.


SAL AMARGO: DESCUBRA TODOS OS USOS E BENEFÍCIOS


O sal amargo, sal de epsom ou mesmo sulfato de magnésio, não é exatamente um sal, mas um mineral puro composto de magnésio e sulfato que na natureza pode ser encontrado geralmente em fontes de água quente e, embora os antigos já soubessem dos benefícios deste tipo de sal, só recentemente tem se comprovado cientificamente que seus nutrientes podem fazer bem tanto para a estética quanto para a saúde de nosso corpo.

O magnésio age de várias formas benéficas no corpo, desde regular a atividade de mais de 325 enzimas, reduzindo inflamações, prevenindo o enrijecimento das artérias, até auxiliar nas funções musculares e nervais. Já o sulfato auxilia a expelir toxinas, a absorver nutrientes e também no tratamento de dores de cabeça ou mesmo enxaquecas.

Entenda quais são os benefícios do sal amargo ou sal de epsom

Muito além do já descrito acima, o sal amargo pode trazer diversos benefícios para a saúde. Destacamos aqui os benefícios são usualmente mais verificados e notados em pesquisas científicas:

Tratamento de prisão de ventre ou constipação

Por desintoxicar internamente, o sal amargo acaba agindo como um eficiente laxante natural e também auxilia na limpeza do cólon ou mesmo de grande parte do intestino grosso.

Aliviando câimbras e dores musculares com o sal amargo

Esta utilidade do sal amargo já é muito conhecida pela humanidade há séculos ou até mesmo milênios, mas comprovada cientificamente há pouco tempo. Um simples banho em água com sal amargo é capaz de aliviar dores, acabar com inflamações e também asma brônquica.

Limpeza do organismo e eliminação de toxinas pelo sal amargo

E não é somente o cólon que é beneficiado com o sal amargo. O sulfato do sal amargo é capaz de eliminar toxinas, metais pesados e diversas outras substâncias nocivas de nossas células.

Tratamento contra o estresse com o sal amargo

Quando estamos estressados, os níveis de magnésio de nosso corpo reduzem drasticamente, já os níveis de adrenalina aumentam muito. O sal amargo se mostrou extremamente eficaz na resolução do estresse, uma vez que é composto basicamente de magnésio e sulfato. Ainda, o magnésio ajuda a melhorar o humor, demonstrando excelentes resultados também como auxiliador em tratamentos que requerem o aumento de serotonina no corpo.

Conheça todos os usos do sal amargo

O sal amargo possui usos que vão desde beneficiar nossa saúde até auxiliar na limpeza de casa, por incrível que pareça. É claro que o mais aconselhado antes de iniciar um tratamento natural com o sal amargo ou sal epsom é procurar a orientação de um médico, principalmente as gestantes. Para aproveitar seus benefícios em nosso organismo, precisamos basicamente tomar banho em água com sal amargo. Para isto, em geral, é necessário a utilização de uma banheira com água morna, bastando a adição de 2 xícaras de sal amargo ou sal epsom. O aconselhado é tomar este tipo de banho pelo menos 3 vezes por semana por pelo menos 15 minutos.

Caso não possua uma banheira, uma vez que pode não ser muito comum em sua cidade ou região, você também pode utilizar o sal amargo em uma bacia para os pés. Para tal, basta adicionar meia xícara de sal amargo a uma bacia com água morna e deixar os pés por cerca de 20 a 30 minutos. Você perceberá que é muito relaxante e também poderá tratar possível mazelas como pé de atleta. Obviamente, neste caso, também será absorvido pelo corpo e poderá apresentar todos os benefícios já descritos.

Para nossa estética e beleza o sal amargo funciona muito bem. Serve como esfoliante e elimina a pele morta. Caso decida usá-lo para este fim durante o banho, basta usar um punhado de sal amargo com um sabão líquido e esfregar pelo corpo. Se for utilizar apenas no rosto fora do banho, pode ser adicionado meia colher de chá de sal amargo a um hidrante ou creme facial de sua preferência. Ainda na questão asseio, se os pés forem imersos em uma bacia com água morna e sal amargo, conforme já explicado, os odores serão eliminados.

O sal amargo possui também usos domésticos de limpeza e jardinagem. É excelente para limpar azulejos do banheiro e muito fácil de aplicar. Neste caso, é necessário apenas adicionar partes iguais de sal amargo a um detergente líquido de louça e esfregar com uma esponja ou esfregão os azulejos que deseja limpar. Na jardinagem, pode-se jogar sal amargo sobre as plantas uma vez por semana, pois serve para nutri-las. Além disso, será eficiente para afastar algumas pragas, como a lesma.

Lembrete

Novamente, caso deseje fazer uso do sal amargo ou sal epsom em banhos, é recomendado a prévia consulta médica a fim de evitar possíveis inconvenientes.


Desintoxicação – Banho de sal amargo com bicarbonato de sódio


Tomar banho de sal amargo com bicarbonato de sódio é uma ótima maneira de limpar seu organismo de toxinas e aumentar seus níveis de magnésio. Com o uso das injeções de Methyl B12, ele passa a ser uma necessidade, pois é uma maneira rápida de eliminar as toxinas liberadas. O sal amargo, também conhecido como sal de Epsom é o sulfato de magnésio (Mg SO4). Muitas pessoas confundem o sulfato de magnésio com o cloreto de magnésio, por isso, preste atenção na hora de comprar.

Tanto o sal amargo quanto o bicarbonato de sódio, são usados há muitos anos na medicina popular. O sal amargo aumenta os níveis de magnésio e sulfatos do corpo e o bicarbonato de sódio, neutraliza a acidez e promove a eliminação de toxinas. O sulfato de magnésio é um composto mineral natural que pode ser usado internamente como um laxante natural, ou externamente, em escalda pés ou banhos de imersão. O magnésio e os sulfatos são facilmente absorvidos pelo corpo.

Muitas pessoas têm deficiência de magnésio. Ele está envolvido em diferentes atividades enzimáticas, é necessário para o metabolismo de outros minerais, para a utilização adequada da insulina, para os músculos, nervos e para o sono. O magnésio ajuda a manter o ritmo normal do coração e a pressão arterial, bem como protege a parede das artérias. A deficiência em magnésio pode estar ligada a problemas comuns, tais como insônia e irritabilidade. Os sulfatos limpam o sangue e eliminam as toxinas das células. Isso faz com que sirvam para aliviar dores articulares também. Sulfatos são também necessários para a síntese de colágeno novo, o que é bom para se ter uma pele saudável, jovem e bonita.

O Bicarbonato de sódio tem um efeito alcalinizante no organismo. Ele neutraliza o excesso de acidez que o consumo de determinados alimentos causam em nosso corpo. Para tomar o banho, misture meia xícara de sal amargo com meia xícara de bicarbonato de sódio em uma banheira de água quente. Fique nessa água de 20 a 30 minutos.
Não enxague o corpo, apenas seque com uma toalha macia.

Tome esse banho, preferencialmente, à noite. O efeito da água quente com a liberação de toxinas pode causar sonolência ou mesmo alguma tontura. Apesar de ser relaxante, algumas crianças podem ter insônia com esse banho. Caso isso ocorra, diminua a quantidade de sal amargo, até achar a quantidade ideal. Depois vá aumentando progressivamente. Ou então, dê o banho durante o dia. Esse banho não é recomendado para mulheres grávidas e pessoas com problemas cardíacos e pressão alta.


Fonte: http://www.ecycle.com.br/
           http://www.mundoboaforma.com.br/
           http://www.saltworks.us
           https://en.wikipedia.org
           https://www.greenme.com.br
           http://santadecasafazmilagre.blogspot.com.br/

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade