M.O.A.B

moab3Em 11 de março de 2003, a Força Aérea dos Estados Unidos testou uma das maiores bombas convencionais já construídas até então. Chamada de MOAB - Massive Ordnance Air Burst - que significa explosão maciça de munição aérea, é uma bomba projetada para destruir alvos altamente reforçados ou arrasar forças terrestres e blindados em uma grande área. Os fundamentos Veja alguns fatos sobre a MOAB: • atualmente, ela é a maior bomba convencional (o oposto de uma bomba nuclear) no ...

arsenal dos EUA • a bomba pesa 9.525 kg, tem 9,1 m de comprimento e 1 m de diâmetro • ela é guiada por satélite, o que a torna uma "bomba inteligente" • ela é detonada a cerca de 1,8 metros acima do solo.

Leia também - Nanotecnologia

A idéia por trás de uma arma de "explosão aérea", em oposição a uma arma que detona no impacto com o solo, é aumentar seu alcance destrutivo. Uma bomba que penetra no solo e só então explode, tende a enviar toda sua energia para baixo contra o solo ou diretamente para cima no ar. Uma arma de explosão aérea envia uma grande parte de sua energia para os lados.

• a bomba pesa 9.525 kg, tem 9,1 m de comprimento e 1 m de diâmetro

• ela é guiada por satélite, o que a torna uma "bomba inteligente"

• ela é detonada a cerca de 1,8 metros acima do solo

A idéia por trás de uma arma de "explosão aérea", em oposição a uma arma que detona no impacto com o solo, é aumentar seu alcance destrutivo. Uma bomba que penetra no solo e só então explode, tende a enviar toda sua energia para baixo contra o solo ou diretamente para cima no ar. Uma arma de explosão aérea envia uma grande parte de sua energia para os lados.

MOAB1

A MOAB substituirá a BLU-82, também conhecida como Daisy Cutter, bomba de explosão aérea de 6.800 kg, desenvolvida durante a guerra do Vietnã.
 
A MOAB não é a maior bomba já criada. Nos anos 50, os Estados Unidos fabricaram a T-12, uma bomba de 19.800 kg que podia ser lançada de um B-36.

Comparada a uma bomba nuclear, a MOAB produz uma explosão minúscula. A menor bomba nuclear conhecida, a bomba de fissão Davy Crockett (em inglês), possui uma potência de 10 toneladas de TNT. A diferença é que uma bomba nuclear assim pequena pesa menos de 45 kg e produz quantidades significativas de radiação letal quando é detonada. Para efeitos de comparação: a bomba nuclear lançada em Hiroshima tinha uma potência de 14.500 toneladas de TNT e pesava apenas 4.500 kg, metade do peso da MOAB.

Leia também - Visão Noturna

Em vez de ser lançada de um bombardeiro através das portas do compartimento de bombas, a MOAB é empurrada para fora pela porta traseira de um avião cargueiro como o C-130. A bomba é montada sobre um estrado de carga. Um pára-quedas puxa o estrado e a bomba para fora do avião. Em seguida, o estrado se separa de modo que a bomba possa cair. A bomba então acelera rapidamente até sua velocidade terminal.

Quando a bomba está caindo, um sistema de orientação baseado no sistema de posicionamento global (GPS) assume o controle e direciona a bomba para seu alvo.

Capacidade detonante

MOAB2

A MOAB é construída pela Dynetics (em inglês) e contém aproximadamente 8.165 kg de tritonal. Tritonal é uma mistura de TNT (80%) e pó de alumínio (20%). O alumínio melhora a capacidade detonante do TNT, ou seja, a velocidade na qual o explosivo desenvolve sua pressão máxima. O acréscimo de alumínio torna o tritonal cerca de 18% mais poderoso do que o TNT sozinho.

Em comparação, uma Daisy Cutter contém 5.700 kg de nitrato de amônia, alumínio e poliestireno, uma combinação conhecida como GSX (sigla em inglês para explosivos suspensos em gel). O GSX é comumente usado em mineração e é um explosivo comercial potente, barato e fácil de produzir. O TNT é um explosivo bélico de ruptura.

Fonte: http://ciencia.hsw.uol.com.br/superbomba-moab.htm

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Precisando de um notebook novo?
LNVACE10

Curta nossa página

Mundo

Publicidade