Você colocaria fogo na própria cara para ficar mais jovem?

fogo12/03/2013 - Se existe algo que podemos contar é com a criatividade das pessoas ao inventarem tratamentos de beleza. Maneiras de deixar o rosto mais jovem são perseguidas por diversas civilizações ao longo da história. Um bom exemplo é esta terapia alternativa, que apareceu na Internet recentemente e envolve colocar fogo no próprio rosto.

O tratamento se popularizou pelo resto do mundo quando a foto ao lado foi postada na rede social chinesa tt.mop, por uma usuária que acompanhava a mãe ao SPA. A descrição da foto dizia "Minha mãe foi fazer um tratamento em um salão de beleza - o que eu vi me chocou, eu não pude nem olhar direito". Para que a pele do paciente não se queime, a toalha é embebida em um 'elixir especial', junto com álcool e fluido. Depois da preparação, é só queimar a toalha. Depois de poucos segundos, as chamas são apagadas.Tudo fazia parte do Huó liáo.

Acredita-se que este ritual pode rejuvenescer o rosto, trazendo mais brilho para a pele, além de combater o resfriado e até a obesidade. Aparentemente eles levaram o termo “queimar calorias” ao pé da letra. O Huo liáo funciona da seguinte forma. Uma toalha, encharcada de álcool e um elixir secreto, é colocada em cima da parte problemática. Geralmente é usada nas pernas, pescoço, costas e face. Depois a esteticista coloca fogo na toalha e deixa agir por um tempo. Por fim outra toalha é usada para apagar as chamas.

fogo2

Mas o procedimento funciona? "Enquanto o álcool ajuda a levar o que está no elixir para o corpo, tal não implica necessariamente que seja acendido em figo", disse ao Yahoo o Dr. Jacob Teitelbaum, autor de "Causa Real, cura real", (Rodale Books, 2012). "No entanto, uma explicação [para usar o fogo] é que o calor extremo desencadeia uma resposta de adrenalina, que pode mudar a química do seu corpo, melhorando alguns sintomas como indigestão e metabolismo lento", disse Teitelbaum.

fogo3

Naturalmente, qualquer tratamento que envolve usar chamas também envolve alguns riscos, como queimaduras de pele ou pegar fogo ao cabelo. "Você não quer ser o primeiro cliente de alguém, ou você pode ser o último", disse Teitelbaum. "Se você me perguntar se eu iria tentar isso, a resposta é não", acrescentou. Botou fé? Antes de tentar em casa saiba que não existem estudos comprovando a eficácia do tratamento. Isso sem contar a possibilidade de ficar com queimaduras sérias ou uma hiperpigmentação.

Fonte: http://www.pipocadebits.com/
          http://revistagalileu.globo.com
          http://www.ciencia-online.net

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade