Qualidade de Vida

Kama Sutra - Parte 3 (Posições 2)

p16A União da Tartaruga - A partir da posição do alinhamento perfeito, o homem abre as pernas para fazer deslizar as coxas de sua parceira entre as suas.  As vantagens – posição muito íntima maximizando o contato entre os dois parceiros. Obtem-se sensações mais intensas porque a vagina comprime-se sobre o penis. As desvantagens – penetração menos profunda que quando a mulher guarda as pernas abertas. Amplitude de movimentos limitada.

Leia mais...

Kama Sutra - Parte 1 (Conceitos)

kama80Kamasutram ,geralmente conhecido no mundo ocidental como Kama Sutra, é um antigo texto indiano sobre o comportamento sexual humano, amplamente considerado o trabalho definitivo sobre amor na literatura sânscrita. O texto foi escrito por Vatsyayana, como um breve resumo dos vários trabalhos anteriores que pertencia a uma tradição conhecida genericamente como Kama Shatra. Kama é a literatura do desejo. Já o Sutra é o discurso de uma série de aforismos. Sutra foi um termo padrão para um texto técnico, assim como o Yôga Sútra de Pátañjali. O texto foi escrito originalmente como Vatsyayana Kamasutram (ou "Aforismos sobre o amor, de Vatsyayana").

Leia mais...

Kama Sutra - Parte 2 (Posições 1)

p1A Postura da Sobreposição - O homem alonga-se sobre as costas enquanto a sua parceira se ajoelha em cima dele e cerca as suas coxas com as dela. Controla a amplitude do movimento vertical e horizontalmente para maximizar as sensações sobre o seu clitóris e as suas paredes vaginais ou para originar rapidamente ao homem o orgasmo. Vantagens – a mulher é mais livre e mais ativa: escolhe o ritmo, a velocidade e o tipo do movimento. O homem, continuando a ser passivo, pode concentrar-se nas sensações e o prazer acariciando ao mesmo tempo as costas da sua parceira.  Desvantagens – posição com falta de originalidade, passam por conseguinte a outra coisa após alguns minutos de estimulação.

Leia mais...

Lixo Hospitalar

hospitalar1Por Eulalio Sobreira - Na literatura, encontra-se definição de lixo: “tudo o que não presta e se joga fora. Coisa ou coisas inúteis, velhas, sem valor”. O resíduo é definido: “aquilo que resta de qualquer substância, resto (FERREIRA et al. 1995: BRASIL 2006)”. O resíduo de Serviço de Saúde (RSS) é aquele resultante de atividades exercidas nos serviços definidos no artigo 1º da RDC ANVISA Nº. 306/04, que, por suas características, necessitam de processos diferenciados em seu manejo, exigindo ou não tratamento prévio à sua disposição final (BRASIL 2004). Essas definições mostram a relatividade da característica inservível do lixo, pois para quem o descarta, pode não ter mais serventia, mas para outros, pode ser a matéria-prima de um novo produto ou processo. Por isso, há necessidade de se refletir o conceito clássico e desatualizado de lixo.

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade