Cientistas criam rim artificial para substituir a hemodiálise

rinar topoMarço de 2017 - Para quem não está familiarizado com o procedimento, a hemodiálise é tratamento que permite remover as toxinas e o excesso de água do organismo de pessoas cujo os rins não funcionam mais. Ser dependente desta máquina é o pesadelo de muitas pessoas. e, uma vez ligada a ela, somente um transplante renal poderia resolver o problema. Tem em vista esse problema que assola muitas pessoas, pesquisadores da Universidade da Califórnia em São Francisco, nos EUA, criaram o primeiro rim artificial biônico, capaz de realizar o trabalho de um rim saudável com perfeição e pretendem lança-lo em 2017.

Segundo os desenvolvedores, o aparelho tem menos que 1% de chance de rejeição, pois é feito a partir de células renais e pode ser implantado em pacientes com doenças renais para libertá-los de uma vez por todas da máquina de hemodiálise. O primeiro transplante previsto para 2017 será implantado como teste, e os especialistas ainda não sabem quando a novidade chegará ao mercado.

Leia também - As nuvens coloridas de Rho Ophiuchi

rinar topo2

Este projeto cria uma solução permanente para o problema de escassez no transplante de órgãos. Estamos a aumentar as opções para as pessoas com doença renal crônica, que de outra forma seriam forçadas à diálise – William Fissell, autor do projeto.

Como funciona?

rinar2

rinar3

rinar4

O rim artificial tem filtros feitos em carboneto de silício, células vivas e é bio-híbrido. O aparelho funciona com uma série de microchips e é movido pelo coração humano para filtrar os resíduos da corrente sanguínea. O protótipo tem o tamanho aproximado de rim natural saudável e consegue regular a pressão arterial e o equilíbrio entre sódio e potássio no corpo.

The Kidney Project

rinar5

rinar6

rinar7

Leia também - Como um homem conseguiu falsificar uma das maiores descobertas arqueológicas da História?

O rim biônico é conhecido pelos americanos como “The Kidney Project” e foi lançado por William Fissell de Vanderbilt e Shuvo Roy, da UCSF. Esta notícia é muito especial para pacientes com doenças renais que dependem da hemodiálise. Talvez você se pergunte sobre a possibilidade de algum corpo rejeitá-lo, mas esta é a segundo melhor notícia: chances zero. Isso porque o rim biônico é feito a partir de células renais.

rinar8

rinar9

rinar10

Leia também - O chip do seu celular está com os dias contados

O protótipo é do tamanho de uma xícara de café e consegue otimizar a pressão arterial e o equilíbrio entre sódio e potássio no corpo. Este projeto é simplesmente um presente maravilhoso para quem faz hemodiálise. Para que isso fosse possível, a equipe recebeu, em novembro de 2015, uma doação de 6 milhões de dólares do Institute of Biomedical Imaging and Bioengineering (Nibib) para pesquisas e desenvolvimento. Os pesquisadores acreditam que as opções podem ser ainda mais amplas e o principal deles, dr. Victor Gura, afirma que dentro de dois anos o rim biônico estará disponível para venda.


Fonte: Diário de Biologia
           https://www.portaldadialise.com
           https://www.curapelanatureza.com.br

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Precisando de um notebook novo?
LNVACE10

Curta nossa página

Mundo

Publicidade