Religião, Cultos e Outros

A Igreja Universal do Reino de Deus - Parte 1

universal1“Você daria um presente com o valor de um real para alguém? E para Deus?”Pastor Israel. Vendendo a alma a Deus - Todo mundo sabe que vender a alma para o diabo não é um bom negócio. Você está na pior, endividado, passando fome e sem perspectivas. O demônio surge lhe oferecendo uma melhora de vida substancial, dinheiro vivo, mulheres em abundância, casa, piscina e champagne liberado em troca de uma única assinatura.Você assina, mal sabendo que acaba de vender sua alma ao demônio, e que só vai reencontrá-la no inferno. Menos mal que ainda tenha toda a vida terrena para aproveitar, antes de passar o resto da eternidade em algum círculo de Dante.Agora imagine se ao invés de lhe dar prontamente uma vida melhor,  ...

Leia mais...

O Santo Graal - Parte 1

graal1Santo Graal ou Santo Gral é uma expressão medieval que designa normalmente o cálice usado por Jesus Cristo na Última Ceia. Ele está presente nas Lendas Arturianas, sendo o objetivo da busca dos Cavaleiros da Távola Redonda, único objeto com capacidade para devolver a paz ao reino de Artur. No entanto, em outra interpretação, ele designa a descendência de Jesus segundo a lenda, ligada à dinastia Merovíngia.

Leia mais...

O Santo Graal - Parte 2

graal3A Trajetória do Graal na História  - A continuidade mais conhecida sobre o destino do Graal, atesta que este teria ficado sob a tutela dos Templários. Assim, os Cavaleiros teriam levado o cálice para a aldeia francesa de Rennes-Le-Château. Sob outra narrativa, o Graal teria sido levado para a cidade de Constantinopla e em seguida para Troyes, onde no período da Revolução Francesa (a partir de 1789), teria desaparecido misteriosamente. Uma outra versão atesta que os cátaros, um grupo cristão que vivia isolado na fortaleza de Montsegur e ...

Leia mais...

Os Templários - Parte 2

templar4OS HOSPITALÁRIOS (Cavaleiros Hospitalários de S João, Jerusalém, Rhodes e Malta) Formada depois da Primeira Cruzada, A Ordem dos Hospitalários dedicou-se originalmente à medicina, curando e provendo o repouso para os peregrinos. Devido às contínuas invasões muçulmanas, os Hospitalários adotaram a filosofia guerreira dos Templários e rapidamente dedicaram-se à defesa Militar da Cristandade.

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade