História e Cultura

O Olho de Horus - Saqqara, o Complexo de Cristal (Episódio 5) Parte 3

piramide_condensador_1Máquinas Quânticas - Durante 400 anos construiram cerca de 100 pirâmides com formas, tamanhos e materiais diferentes, até que o desnho foi aperfeiçoado na grande pirâmide de Quéps. Esses conhecimentos foram herdados da civilização Atlante, tinham como objetivo converter grandes formas piramidais em MÁQUINAS QUÂNTICAS, para a produção de colunas estacionárias de energia que permitiam elevar a frequencia de vibração dos iniciados. Isso aumentava a energia vital, ampliava o poder mental, despertava novos sentidos como a telapatia, bem como a sensibilidade para perceber a aura de outras pessoas. Permitia que a consciência se posicionasse acima do tempo e percebece a cadeia de reencarnações ja vividas. No lado por onde se eleva o sol, no patio da serpente, ainda permanecem erguidas tres colunas. Elas formavam o centro do chamado Templo Real de Heb Sed, um pavilhão utilizado pelo faraó e pelos sacerdotes do Olho de Horus durante as celebrações. A partir desse pavilhão seguindo um muro curvo chegava-se ao patio retangular de Heb Sed, paralelo ao patio central do complexo.

Leia mais...

O Olho de Horus - Saqqara, o Complexo de Cristal (Episódio 5) Parte 1

azulejos_ceramicaSaqqara é a primeira manifestação do avançado conhecimento da escola de mistérios Olho de Horus, cujas ruinas existem até hoje. Neste local foi contruida a primeira pirâmide da Terra depois do Dilúvio. Também foram usados, pela primeria vez, blocos modulares de pedra para a construçao de um edifício. Nas paredes se esculpiram hieróglifos com os primeiros textos religiosos da história. Nesse local foi construido um enorme ...

Leia mais...

O Olho de Horus - Saqqara, o Complexo de Cristal (Episódio 5) Parte 2

15_porticos_iguaisO que abre e guia no caminho - Saqqara significa "o que abre e guia no caminho". Seu símbolo é o Chacal, que guia os perdidos no deserto até leva-los as terras cultivadas, até as terras do homem civilizado. Ao longe a primeira que se via éra a piramide branca, rodeada por uma grande muralha, a primeira construida em blocos de granito cortado em sofisticados baixos relevos e umbrais. Uma obra muito mais complicada que a própria pirâmide. 130.000 toneladas de granito formavam um muro de pedra alto e especial que rodeava os 15 hectares do complexo, protegendo-o do caos exterior e atribuindo-lhe uma forma retangular, ajustada exatamente na direção cardeal norte-sul, paralela ao curso do Nilo. O muro tinha 10 metros de altura, o que representa 4 andares de um edificio moderno, 550 metros de comprimento, 5 quarteirões e meio em linha reta de norte a sul e a metade exata desta distancia, 275 metros de largura de leste a oeste.

Leia mais...

O Olho de Horus - A Flor da Vida (Episódio 4) Parte 3

coroa_baixo_egitoBaixo e Alto Egito - Os antigos dividiram a parte verde e habitável do egito em duas grande zonas com diferentes caracteristicas definidas pela forma do próprio Nilo. o Delta, quando o Nilo se abre para chegar ao mediterraneo, forma um vale fértil. É chamado de baixo Egito, seu símbolo hieroglifico é a abelha. E o faraó usa uma coroa vermelha para mostrar a sua autoridade nessa região. O longuíssimo e estreito corredor verde de ambos os lados do Nilo, em seu percurso desde a fronteira com a Núbia até o ponto onde começa o delta é chamado de Alto Egito. É simbolizado em sua escrita por um arbustro e o faraó usa uma coroa branca para representar o seu poder nessa região. A história aceita do Egito começa com a unificação dessas duas regiões sob uma só coroa, branca e vermelha. Essa união foi conseguida pelo faraõ Menés, fundador de Menphis, localizada na confluencia das duas regiões.

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade