O Despertar dos Deuses

despertar_1HigherThanEagle 09.02.2011 - Há pessoas que questionam a divindade presente em cada ser humano, justamente pela limitação material, que não condiz com o conceito de um ser divino. Obviamente é um raciocínio correto, todavia limitado a apenas um aspecto do grande cenário existencial presente neste universo. Então veja, querido leitor, que embora haja este questionamento, ele está fundamentado apenas, e tão-somente apenas, no esquecimento. Se as lembranças estivessem presentes, não na forma vaga com que lembramos de acontecimentos, ...

mas na maneira como identificamos um pouco nossa presença corporal, então poderíamos ter as respostas necessárias. Nenhuma realidade vibratória é criada por entidades de mesma frequência, assim como nenhuma realidade é criada sem propósito. Este universo é constituído de várias dimensões, 12 conhecidas, e nossa vibração tridimensional faz parte do pacote. Todas têm finalidades distintas, mas todas elas afluem num ponto: experenciar.

"Não leve as experiências da vida tão a sério. Não deixe principalmente que elas o magoem, pois na realidade, nada mais são do que experiências de sonho... Se as circunstâncias forem ruins e você precisar suportá-las, não faça delas uma parte de você mesmo." (Yogananda)

A questão maior da realidade experencial das dimensões ainda está distante do entendimento de todos nós, então nem me atreverei a ponderar a respeito, mas o que sabemos é que as frequências inferiores foram criadas unicamente para propósitos experenciais de situações e padrões inexistentes em planos vibratórios elevados. Desta maneira, nesses planos inferiores, no princípio de tudo, quem aqui desceu não foram entidades pouco desenvolvidas, mas seres excelsos em busca de experenciar novas possibilidades existenciais.

Mas os espíritos que por ventura acabaram sendo criados para adentrar unicamente nesta frequência em busca da evolução, por mais inexperientes e limitados, ainda assim transcendiam as barreiras da matéria, portanto sendo seres de elevada grandeza em comparação com a frequência a qual se submeteram.

No caminho evolutivo de cada um desses espíritos, todos cedo ou tarde alcançam o padrão que nossos espíritos se encontram há muitos milhares de anos. Este é o estado já constituído da divindade, porém agora submetido ao florescer do Ego. Antes era o estado de inocência primeva, depois adentramos no estado do Ego, e para que a divindade presente em cada ser humano finalmente encontre a liberdade e que cada um possa deixar a tridimensionalidade para trás, é necessária a volta à inocência, estado que temos total controle sobre nossos padrões mentais e que apreciamos o existir pela presença do coração e da aceitação total de nós mesmos.


A Prisão dos Deuses


Como pode o oceano caber dentro de um copo? Como pode o oceano experenciar o que é viver dentro de um copo? Apenas diminuindo-se, submetendo-se às limitações da existência dentro de um copo. Deus, numa analogia singela é o oceano e nós, os seres humanos, somos a água do oceano dentro de um copo, e este é a 3D. Mas existem vários tipos de copos, recipientes e tanques. Porém apenas quando há água o suficiente é que podemos  preenchê-los. Uma água de um simples copo não pode sequer molhar um tanque de milhares de litros de capacidade. Deste modo, só podemos experenciar viver numa realidade maior, quando expandirmos nossa divindade, nosso volume consciencial.

Num passado primordial fomos apenas gotas do oceano, hoje podemos preencher um copo, mas para preenchermos um galão, precisamos expandir nossas consciências e elevar nossas vibrações, aumentando assim o volume de nossas essências divinas.

Esta analogia, embora simples, serve para que você, querido leitor, tenha noção de o porquê parecer tão difícil acreditar que somos deuses em corpos mortais. Sim, temos necessidades tolas. Precisamos nos alimentar, beber água, dormir, ir ao banheiro, etc, etc, etc. Mas isso é porque há esta densidade que impede que recordemos que somos divinos, e portanto não podemos exercer nossa verdadeira posição sem a total consciência de quem realmente somos. Mas veja que embora haja essas necessidades tolas, nem todos as têm. Comer, beber, dormir? Há várias pessoas no mundo que não fazem nada disso, já transcenderam essas limitações específicas do corpo físico.

despertar_2A evolução espiritual tem como prioridade a lembrança total de nossas verdadeiras identidades. Todos os aprendizados convergem para isso, pois é quando este mundo perde o poder sobre nós e podemos finalmente nos lembrar, no âmago de nossos seres, quem de fato somos. Essa é então a liberdade e o total reconhecimento da divindade. É um trabalho árduo nesta prisão tridimensional. Mas veja que não está apenas na 3D a prisão dos deuses, ela também está presente em frequências superiores, nas quais ainda nos são negadas as lembranças de nós mesmos e por conseguinte, acabamos sempre voltando à matéria, cometendo os mesmos erros e continuando na roda encarnatória. Seria uma visão triste a de ver tantos seres magníficos acorrentados à matéria, mas tudo tem uma razão de ser e no momento certo, quando estivermos evoluídos o suficiente, iremos saber. Todavia, o importante é entender que quando um ser encontra a iluminação, nem mesmo as barreiras da matéria podem mais ser um empecilho para sua divindade. Nestas condições, ele de fato se torna um deus na terra. Muitos iluminados já passaram por este planeta, da maioria nem você nem eu ouvimos falar, pois a divindade não engloba orgulho, e portanto não se importa com besteiras a respeito de fama ou coisas do gênero. Lembrando que iluminação não é o mesmo que ascensão. Esta se dá por escolha consciente no momento da morte. O que veremos em breve na Terra será uma exceção à regra.


Despertando os Deuses


A concepção comum de um deus normalmente inclui seres que podem voar, ler pensamentos, criar matéria do vácuo, que não têm necessidades mundanas, com poderes de cura, entre outras coisas. E por nós, neste mundo, não podermos fazer nada disso, tornou-se muito difícil o despertar para nossas próprias identidades, aliando-se também àqueles que sabem quem somos e querem nos manter na ignorância. Mas como a luz não abandona a si mesma, ao longo da história humana (embora isso também seja comum em incontáveis planetas neste e em outros universos), diversos espíritos mais elevados se submeteram à esta prisão para ajudar o melhor possível os que aqui já se encontravam.

A maioria deles nunca despertou em vida, mas manteve parte das intenções sendo realizadas. Foram médicos, professores, pensadores, artistas, até religiosos e políticos, todos de alguma forma ajudaram a ampliar a consciência de um número grande de pessoas, criando então para futuras encarnações mais experiência e memória espiritual. Dos que despertaram em vida tivemos os mestres espirituais e os avatares. Suas influências foram gigantescas e seus ensinamentos conseguiram libertar incontáveis espíritos de suas condições de clausura. Outras entidades também nos ajudaram sem adentrar na fisicalidade, por meio de revelações, seja por médiuns ou por canalizadores.

Essa ajuda para muitos parece suspeita já que é limitada e não alcança a todos, mas esse é um julgamento baseado apenas no padrão mental criado pelo Ego, já que não avalia os motivos por detrás de tudo isso. Há Livre Arbítrio envolvido e não me refiro ao pretensioso livre arbítrio de sua mente racional, mas sim ao do seu Eu Superior, querido leitor. A vontade que você expressa não é seu verdadeiro Livre Arbítrio, mas sim um desejo egóico pouco fundamentado. É aqui que a maioria cai na compreensão do Livre Arbítrio, achar que ele tem como base a mente racional. Só há uma verdadeira decisão transcendente, e é quando tanto mente quanto espírito estão de comum acordo. Em outras palavras, se não for do fundo do coração, com toda a sinceridade possível, não é uma escolha verdadeira.

Todas as ajudas foram efetivas, pois do contrário você, querido leitor, sequer estaria lendo estas linhas. Pois se chegou aqui é porque alguma mensagem de algum mestre, mesmo que alterada ao longo de séculos, veio até você em determinado momento e acabou guiando-o por incontáveis outras formas de pensamento e conceitos espirituais até você alcançar o que já alcançou. Entende então que o contexto é sempre maior? E é de escolha de nossas verdadeiras essências que nos libertemos por nossos próprios esforços, pois somos divindades e podemos fazer qualquer coisa. E à medida que o consciente coletivo vai se alterando, podemos ver que mais e mais pessoas estão ficando cientes disso. É assim que se estrutura a evolução.


Os Deuses Somos Nós


Todos os deuses do nosso passado são um reflexo do que nós seremos no futuro. É inevitável que grande parte desta humanidade evolua e transcenda as barreiras das dimensões inferiores, pois estamos nos aproximando do período em que voltaremos à inocência espiritual, agora com toda a maturidade necessária para expandirmos nossas essências e habitarmos os planos superiores. Em breve, teremos volume o bastante para preencher um galão de água. E cada vez que mudamos de recipiente, estamos mais próximos da fonte de tudo e isso já é um pensamento encorajador.

"Eu Sou Deus, mas vocês também o são; somente que Eu sei disso e vocês não!" (Sai Baba)

Deste modo, querido leitor, tenha sempre na mente e no coração que apesar de não parecer, apesar de todas as dificuldades de viver neste mundo pesado e por vezes agressivo, você é muito, mas muito superior a tudo isso. Aquela sensação que vem de dentro dizendo que este não é seu lugar não é apenas um sentimento vago e sem fundamento, é uma lembrança profunda brigando para florescer em sua mente. Você está preso num corpo limitado, num mundo limitado, numa vibração limitada. Está sujeito à dor e à morte física. Mas com o devido esforço, estará apto a se libertar quando o momento chegar.

Pare de duvidar, pare de querer respostas concretas. Não percebe que todos os pensamentos conflitantes são apenas produtos de seu ego brigando para sobreviver? Não percebe que quanto mais você se aproxima da unidade, mas ele vai apelar? Não pense que é divino, saiba que é. Sem nada de "Eu acho", este é o momento para "Eu Sou".

Se existe alguma limitação em sua vida, física ou financeira, não é desculpa para inferiorizar a maravilhosa essência que vive em você. Quando há a intenção de despertar, o espírito antes do encarne cria circunstâncias para que se possa acordar. Já imaginou onde estaria se fosse rico ou famoso? Com um carro do ano, um duplex, uma vida social agitada? Estaria feliz? Quem sabe. Mas estaria desperto? 95% de chances que não. E depois da morte, a riqueza e o sucesso iriam embora e mais para frente você teria de reencarnar e sem dúvida sua vida seria bem diferente da anterior, uma vez que, com certeza, a riqueza adquirida na vida passada não teria vindo ou se mantido sem uma boa dose de atitudes negativas, portanto, seria a hora de colher o que plantou. Compreende, querido leitor?

Você está onde deveria estar e ponto. Agora faça o que deve ser feito. Busque e alcance o Despertar Total, sanando todas as suas dúvidas pela voz interior e por fim, por fim começando a viver e experenciar essa maravilhosa jornada chamada vida. E quando o passeio acabar, que venha o próximo!

Vamos na Paz.
HigherThanEagle

Grupo Arcturiano

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade