O Heptameron

heptam1O Heptameron é um dos quatro maiores livros de magia na história da humanidade. Juntamente com A chave de Salomão, o Grimorium Verum e A Constituição do Papa Honório, forma uma linha de tratados sobre Magia Negra, escritos na Antigüidade e na Idade Média. Também é chamado de Quarto Livro de Cornélio Agrippa. Porém, a autoria foi atribuída a ele sem que, no entanto, fosse citado por seu pretenso autor em nenhuma outra obra. Este livro foi dividido em duas partes: a primeira ensina a comunicar-se com os espíritos do Ar, através de invocações ...

a serem realizadas durante os sete dias da semana. Na Segunda parte, uma série de fórmulas ensina como conjurar entidades para descobrir tesouros, escutar segredos, fazer alguém se apaixonar, abrir cadeados e mais uma série imensa de utilidades práticas do cotidiano. Tanto no Heptameron quanto nos outros tratados de Magia citados, as descrições são extremamente confusas. Alguns rituais são simplesmente impraticáveis. Por serem de Magia Negra, exigem instrumentos e elementos impossíveis de serem obtidos. Neste livro encontra-se gráficos ligados a Cabala e uma simbologia complexa, além das descrições em latim, compreensíveis apenas àqueles que possuam um conhecimento prévio. Mas ainda sim, se não for de grande utilidade, é válido como um estudo.

O círculo

Algumas de suas características são muito comuns a outros grimoires: divisão de invocações pelos dias da semana para chamar aos arcanjos planetários, um exorcismo inicial, uma abertura de círculo, e os cantos para os chamados. Mas o seu ponto mais original e interessante é o círculo, que é mutável, dependendo de certas influências astrológicas!

heptam2

A versão descrita no heptameron é dividida em 3 círculos concêntricos. Esse círculo de exemplo foi feito para um dia de domingo (dia do sol). O primeiro círculo interior tem 4 nomes de Deus: Adonay, Eloy, Agla e Tetragrammaton. Esses nomes são fixos. O terceiro círculo são os anjos do ar que regem o domingo: Varcan Rex, Tys, Andas e Cynabal. O Heptameron diz que devem ser escolhidos os anjos do dia que você trabalha (supostamente, se você quer trabalhar na hora planetária diferente da do dia, ex: hora de saturno, no dia do sol, mesmo assim você usaria os anjos do domingo). Abaixo a tabela para os anjos. Eles devem ser colocados nos ângulos do círculo:

heptam3

Ok, agora a parte complicada é o círculo do meio, onde há a maior quantidade de nomes.

1 -Primeiro é o nome da hora. O heptameron dá um nome para cada hora, mas ao contrário da Arte Paulina, não dá um anjo regente para essa hora, e usa o nome do arcanjo do planeta ( Siga o esquema das horas planetárias – ex: a hora do sol é regida pelo arcanjo Michael do sol).

heptam4

2 – Segundo, coloque o nome e o símbolo do Arcanjo do dia. (O Heptameron usa Samael para marte, ao invés de Camael)

heptam5

3 – Terceiro coloque o nome do arcanjo que rege a hora (Ex: para a hora de saturno, dia da lua, você colocaria primeiro o nome Cassiel, depois seu símbolo, e agora o nome de Gabriel).

4 – Coloque os ministros do dia (listados como anjos do dia):

heptam6

5 – Nome da época do ano, espíritos da época, Chefe, nome da terra, sol e lua (que mudam com a época).

sol em áries, touro ou gêmeos
sol em câncer, leão ou virgem
sol em libra, escorpião ou sagitário
sol em capricórnio, aquário ou peixes

heptam7

Embora parece muuuuuuito complicado assim, na verdade é apenas seguir a tabela e colocar todos os nomes. Siga o exemplo da figura acima do Heptameron.


Fonte: http://www.spectrumgothic.com.br/
https://yuzuru.wordpress.com

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade