A Plantação Myrtles

planta2Em St. Francisville, Louisiana, há uma pousada com um guia de turismo muito estranho - que afirma ser a casa mais assombrada dos Estados Unidos. O número exato de fantasmas é incerto, mas entre 12 e 15 parece mais provável. A pousada é a plantação de Murta, construído há 200 anos e no local havia escravidão, intrigas, assassinatos e ...

até mesmo um antigo cemitério indígena. O que mais você poderia querer em uma casa mal assombrada? A casa da Plantação Myrtles Construída em 1796 pelo General David Bradford está assombrada por pelo menos 12 fantasmas. Diz a lenda que a casa da fazenda foi construída em túmulos indígenas, pelo general David Bradford.  Supostamente Geral Bradford foi o primeiro a ver um fantasma na Myrtles que era de uma menina índia - que ainda é vista ocasionalmente hoje. A casa pertencia a filha Sara Bradford, e seu marido, o juiz Clark Woodruffe.

A plantação de Myrtles é uma pequeno pousada que oferece cama e almoço, localizada na periferia de São Francisville, 30 quilômetros ao norte de Baton Rouge, até os dias de hoje ali funciona uma lucrativa pousada que cobra entre 115 a 250 dólares por noite e possui como atrativo principal a fama de ser uma das casas mais mal assombradas da América.

Leia também - Hotel Oásis Evason Ma'In

A pousada, além de ter 12 fantasmas perambulando pelos seus aposentos, também oferece aos seus curiosos hóspedes sedentos por mistérios do além um "Mystery Tour" todas as sextas e sábados à noite cobrando 10 dólares por cabeça, porém devido à grande procura recomenda-se que faça uma reserva com antecedência. Bem, para quem pensava que o sobrenatural só se torna lucrativo quando explorado pelas líderes religiosos, aqui está um exemplo de alguém que decidiu empreender neste segmento de uma forma um pouco diferente.

planta3

Alguns investigadores afirmam que ocorreram aqui cerca de 10 assassinatos, no entanto apenas foi possível confirmar 1 deles. são vários os fenômenos e os fantasmas que assombram, sendo mais comuns os seguintes:

Chloe; uma serva na casa que foi morta por enforcamento pelos escravos da Plantação por ter alegadamente feito um bolo de aniversário envenenado e o ter dado a comer à dona da casa, a senhora Sara Woodruff e às suas duas filhas.

Chloe foi detida pela Woodruffes, e foi amante relutante do juiz. Eventualmente, o juiz parecia cansado de Chloe e ela temia que poderia acontecer com ela assim que passou a ouvir pelos buracos de fechadura para saber seu destino possível. O juiz a pegou um dia e teve sua orelha cortada em punição. Por isso, Chloe sempre usava um turbante.

Chloe criou um plano para segurar o seu lugar na família. Ela iria salvar a família de um mal misterioso! Por isso, Chloe envenenou o bolo de aniversário da filha mais velha com folhas Oleander, pretendendo ser a enfermeira da família trazendo de volta a saúde depois que as folhas lhes causassem a doença. Infelizmente, Sara e suas duas filhas morreram por causa do veneno, apenas o juiz foi poupado pois não tinha comido o bolo.

planta3a

De acordo com a tradição, quando ocorre uma morte, todos os espelhos da casa são cobertos por um pano preto mas, segundo relatos, após a morte de Sara e das filhas este espelho não foi coberto.Acredita-se que no espelho da propriedade contém no seu interior os espíritos de Sara Woodruff e de duas das suas filhas. Alguns acreditam que devido a isso os seus espíritos se encontram aprisionados no interior do espelho e alguns creem ter visto os seus vultos e a impressão das suas mãos no espelho.

Já a escrava Chloe que estava apavorada e fugiu com medo dos outros escravos a quererem mata-la. Mas, os escravos sabiam onde ela se escondeu, podendo resultar na morte dela, de modo que el saiu do esconderijo e enforcou-se em uma árvore. Seu corpo foi então pendurados e jogado no rio Mississippi. O fantasma de uma mulher de turbante tem sido visto na Plantação desde então.

Leia também - Dargavs: A Cidade dos Mortos

Em 1927, um homem foi morto durante um assalto do plantio, e diz-se que o seu fantasma vaga à propriedade, bem como, requisita estranhos para sair. As crianças Woodruffe também foram vistas e ouvidas na propriedade, rindo e brincando. Eles têm sido vistos até mesmo no cimo dos lustres ou olhando para os hóspedes do pé da sua cama. Assustados, visitantes ao Myrtles também relataram ter visto uma sacerdotisa vodu, cantando mais uma menininha. E, ainda mais estranho ainda, alguns viram uma bailarina, com tutu negro, que dança com um pé fora do chão. Algumas pessoas não têm visto um fantasma todo, mas vi as mãos desencarnadas ou velas flutuando no ar.

planta4

Existem também relatos de um fantasma que é visto a cambalear subindo a escadaria e parando no 17º degrau. Segundo relatos e a história da propriedade, trata-se do fantasma de William Winter (proprietário de Myrtles Plantation após a família Woodruff e única morte confirmada na propriedade). William Drew Winter; um advogado que viveu na casa desde 1860 até 1871, foi baleado por um desconhecido quando se encontrava no alpendre. Gravemente ferido, ele ainda tentou chegar ao segundo piso mas não foi capaz. Ao chegar ao 17º degrau, caiu e morreu. São os seus últimos passos que podem ser ouvidos nos dias de hoje. A Myrtles Plantation é também supostamente assombrada pelo fantasma de uma jovem rapariga que morreu em 1868, apesar de esta ter sido tratada por um praticante de voodoo. Diz-se que ela aparece ocasionalmente no quarto onde faleceu e que pratica voodoo naqueles que ficam hospedados nesse mesmo quarto.

Sons estranhos também parecem abundar no local. O piano é ouvido regularmente a tocar sozinho, repetindo um acorde aterrador. As pessoas têm ouvido bebês chorando, e os fantasmas de outros escravos aparecem ocasionalmente perguntando se existe alguma tarefa para eles fazerem, sem contar dos fantasmas de duas meninas que são vistas a brincar na varanda.

Leia também - 5 Lugares proibidos

Outros relatos afirmam ter visto uma menina subir e descer a escadaria murmurando uma canção. Existem também relatos de quem tenha visto o reflexo da menina ajoelhada junto á escadaria chorando. Crê-se que esta manifestação foi em tempos registrada através da câmera de um celular, mas tanto quanto se sabe essa fotografia foi misteriosamente apagada e poucos foram aqueles que a conseguiram ver.


Fonte: http://leituracreepy.blogspot.com.br/

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade